skip to Main Content
Entre em contato: +55 11 95133-2600
Ferramentas Multimídia Ajudam A Reportar Histórias Importantes Sobre Mudanças Climáticas

Ferramentas multimídia ajudam a reportar histórias importantes sobre mudanças climáticas

Situado entre altas montanhas ao norte e planícies subtropicais ao sul, o Nepal é um dos países mais vulneráveis aos efeitos do aquecimento global e da mudança climática. Mas a ciência do clima é notoriamente complicada e difícil de explicar aos leitores.

“É nesse ponto que as ferramentas de reportagem multimídia são úteis e podem desvendar melhor as questões das mudanças climáticas”, disse Kunda Dixit,  editor do Nepali Times. “Utilizamos infográficos, visualizações interativas de dados e vídeos e imagens integrados com mapas para contar histórias sobre como a mudança climática está afetando a nação do Himalaia.”

Ramesh Bhusal, ativista ambiental e editor nepalês do Third Pole, acrescentou que aplicativos online como Mapbox, Carto e Highcharts tornaram-se ferramentas obrigatórias para mapeamento de dados e gráficos interativos, criando demanda por reportagens de dados e multimídia na web.

Outro jornalista multimídia do Nepal, Rajneesh Bhandari, enfatizou que matérias relacionadas ao clima oferecem conteúdo de alto valor de notícias — não apenas localmente, mas para todo o mundo, onde algumas pessoas não acreditam que a mudança climática seja real.

“Ferramentas e técnicas multimídia podem ser a melhor maneira de contar histórias anedóticas de pessoas que foram afetadas por mudanças climáticas ou extremos climáticos”, disse ele.

Dixit disse que as redações nepalesas estavam inicialmente céticas e relutantes, mas as reportagens multimídia estão surgindo rapidamente. Os jornalistas, no entanto, precisam mudar do pensamento “plano” para o “3-D”, particularmente no Nepal com sua topografia vertical.

Ao reportar sobre questões de adaptação climática no Nepal, observei como reportagens multimídia podem fazer diferenças reais na cultura tradicional de reportagem.

1. Mesmo pequenos elementos multimídia podem fazer uma grande diferença

Um mapa 3-D em papel pode parecer estático ou horizontal. Mas um mapa do Google Earth Pro disponível gratuitamente pode ser manipulado e virado para mostrar várias facetas. O storytelling de multimídia oferece uma maneira fácil e eficaz de traçar tendências e mostrar como uma paisagem muda em “espaço e tempo“, mostrando não só “onde”, mas também “quando”. Dixit citou mapas interativos de deslizamentos de terras e bloqueios de rios após o terremoto de 2015, no Nepal. Os leitores podem comparar imagens juxtapostas do mesmo local feitas em meses ou anos diferentes. Isso elevou a qualidade da cobertura jornalística de notícias de desastres.

2. Mapas de lapso de tempo podem comprovar a teoria do aquecimento global

Imagens de satélite no Google Earth Engine podem mostrar como a Terra mudou ao longo dos últimos 32 anos. Seja mostrando o desmatamento na   floresta amazônica ou o derretimento de lagos de gelo no planalto tibetano nas últimas três décadas, essa ferramenta ajudou a cristalizar a realidade do aquecimento global para os leitores. Esta ferramenta online apresenta uma cena poderosa descrevendo como o Himalaia e as geleiras estão derretendo à medida que a temperatura da Terra sobe.

3. Efeitos multimídia chamam a atenção e envolvem o público

Diferente de artigos de texto, as matérias multimídia podem ser interativas, dinâmicas e não-lineares. Os leitores podem acessar matérias anteriores sobre o mesmo tópico.

4. Contar histórias de pessoas reais com multimídia é mais interessante do que a ciência da “causa e efeito”

Gravar as experiências das pessoas em incidentes reais em áudio e vídeo e retratar personagens humanos fortes podem dar vida aos dados e fatos no relato de histórias relacionadas ao clima. Em 2014, Bhandari viajou à geleira de Imja e entrevistou dúzias de pessoas na região do Everest para descobrir como a comunidade ficou preocupada que um lago glacial próximo estouraria e inundaria a região. A causa raiz foi a mudança climática. Para tornar as histórias atraentes para o público, ele usou vídeo, texto, imagens e dados.

5. Ferramentas oferecem algumas das melhores maneiras de fazer reportagem multimídia sobre mudança climática

Aplicativos online gratuitos podem ser acessados para criar infográficos interativos ou visualizações. Ferramentas de mapeamento gratuitas, como Carto, Storymap.js e Thinglink, podem ser usadas para criar mapas online simples e interativos. O aplicativo juxtaposeJS oferece comparações de quadros fáceis de fazer — que têm sido amplamente utilizados com imagens do Google Earth para comparar as diferenças de um determinado lugar ao longo do tempo.

6. Ferramentas digitais não substituem os padrões básicos do jornalismo

Dixit disse que o primeiro passo para uma redação multimídia é ensinar os editores e pessoal do layout. No entanto, ele nos lembrou, alguém que é bom em ferramentas multimídia não é necessariamente bom também em reportagem. Todas as regras do jornalismo “antigo” ainda são válidas.

Imagem principal sob licença CC no Flickr via Nattu

 

Fonte: IJNet

Por: Arun Karki

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *